2
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Fetiche por pés: conheça como funciona esse tipo de prazer sexual

Considerado uma parafilia, o fetiche por pés pode também ter uma conotação romântica.

Fetiche por pés: um lado romântico em quem tem desejo por esta parte do corpo.


Considerada por alguns especialistas em sexualidade como uma parafilia (preferência sexual fora da normalidade), a podolatria pode ser definida como uma atração pelos pés, como se eles fossem uma zona erógena. “Quem tem fetiche por pés responde a esta parte do corpo de uma forma similar a qual a maioria das pessoas responde a nádegas e seios, por exemplo”, conta a psicóloga Isabela Rosa.

Segundo a psicóloga, Freud já definia o fetichismo como o comportamento ou fantasia sexual que consiste em transferir todo o desejo para apenas uma parte do corpo. O fetiche por pés é mais comum aos homens, enquanto mulheres sentem-se mais atraídas pelas mãos. 

Para Isabela, o fetiche por pés e por mãos têm não somente uma conotação sexual, mas também uma aura icônica.  “Os pés são a firmeza, aquilo que nos deixa em pé, a parte do corpo que nos conduz a um caminho. Já as mãos, embalam, dão segurança, protegem. Percebe o sentido mais profundo que estas partes do corpo representam numa relação?”, provoca a especialista. 

Fetiche por pés de forma romântica

O auge da excitação dos podólatras acontece quando eles têm seus genitais manipulados pelos pés do parceiro, até o ponto de atingirem o orgasmo e a ejaculação. Este é, provavelmente, o ápice da excitação de quem tem fetiche por pés. Mas nem sempre a manifestação do prazer acontece de forma tão crua.

Foi o caso da contadora mineira Eliana Cruz. Quando ela colocou uma foto de seus pés em um site de relacionamento, ela não esperava tamanho sucesso. Num único dia, ela conta ter recebido cerca de 50 mensagens de homens assumindo o fetiche por pés. 

"Eu coloquei a foto simplesmente porque não queria mostrar meu rosto, pois tinha acabado de passar por um divórcio. Mas qual não foi minha surpresa quando percebi que provoquei uma comoção em quem tem fetiche por pés”, conta a contadora.

No site, ela acabou conhecendo seu atual namorado, o publicitário Hugo Marinho. Ela conta que, em um dos primeiros encontros, Hugo pediu para irem juntos a uma sapataria e que ela experimentasse alguns sapatos e sandálias escolhidos por ele.

“Eu confesso ter achado aquilo meio anormal, mas acabei cedendo”, assume Eliana. Naquele dia, o casal acabou passando a primeira noite juntos. Dois dias depois, ela recebia uma caixa com uma das sandálias que havia experimentado junto com ele. 

Junto com o presente, havia um belo cartão com uma mensagem dizendo ‘este presente representa como eu quero estar: sempre a seus pés’.  “Depois disso, como não ficar apaixonada?”, derrete-se  a contadora.  

Copyright foto: iStock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Fetiche por pés: conheça como funciona esse tipo de prazer sexual', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo