0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

O que Michele Obama e Kate Middleton têm a ensinar sobre luxo

Quando uma nobre inglesa e a primeira dama dos Estados Unidos vestem roupas de lojas populares, é sinal que o conceito de luxo pode ser revisto

Kate Middleton e Michelle Obama: dois ícones da moda que vestem roupas de grifes populares.


Duas mulheres icônicas, símbolos de elegância, beleza, força e, certamente, de tendência de moda. A futura princesa da Inglaterra, a Duquesa de Cambridge Kate Middleton, e a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, não usam apenas vestidos de gala. Em eventos recentes, as duas surpreenderam ao aparecerem não com peças de luxo assinadas por grandes estilistas, mas com roupas de lojas mais populares.

Em visita oficial à Índia, Kate Middleton usou um vestido da magazine Topshop, que custava cerca de 131 libras (R$ 740, aproximadamente). No outro lado do Oceano, Michelle Obama foi entrevistada em um programa da rede de TV americana NBC usando um vestido da loja popular H&M, que custou cerca de  US$ 34 (aproximadamente  R$ 110).

Quando duas mulheres famosas, que têm toda a condição financeira  para usarem as mais conhecidas marcas de luxo do planeta, vestem roupas de lojas menos caras, funciona como estímulo à autoestima de outras tantas mulheres ao redor do mundo.

Michelle Obama apareceu em entrevista na TV com vestido da H&M.


Luxo acessível

Para a consultora de estilo Rita Completo,  responsável pelo blog Consultoria de Imagem, quando celebridades optam por peças bonitas e de bom caimento, mas com preços acessíveis, o exemplo serve como inspiração e demonstração de que é possível ser elegante e bem vestida, mesmo quando não se tem recursos suficientes para a aquisição de peças caras. 

"Sempre defendo que ninguém precisa gastar fortunas para se vestir bem. E me deixa mesmo muito feliz que existam personalidades famosas contrariando esta necessidade do luxo. Espero que seja o inicio de um ponto de virada", comenta Rita Completo.

Para a especialistas, as peças que vemos nos desfiles de grandes marcas costumam ser economicamente inacessíveis aos comuns mortais. "Felizmente, hoje em dia, existem muitas lojas que disponibilizam as tendências a preços muito acessíveis", ensina a consultora de moda.

Luxo é encontrar o próprio estilo.

Como orienta Rita Completo, as tendências de vestuário e acessórios de cada estação são lançadas através dos desfiles de moda dos grandes estilistas de luxo. E a maioria das mulheres aspira a compor um guarda-roupa com  algumas destas peças mostradas nas semanas de moda mais badaladas.

Kate Middleton, na ìndia com o Príncipe William, veste modelo Topshop.


Mas a escolha de peças populares por Michelle e Obama e Kate Middleton reforçam que o  estilo é diretamente ligado à personalidade e ao modo de vida de cada um. “O positivo desta história de celebridades vestirem roupas low-cost é reafirmar que luxo é encontrar o próprio estilo”, opina Anais Brito, estudante de moda da Universidade Estácio de Sá.

Anais completa que qualquer mulher que deseje seguir tendência deve, antes, desenvolver sua personalidade, aprender a valorizar seu corpo e usar peças que a deixem à vontade. 

“Ninguém vê Michelle Obama ou Kate Middleton desconfortáveis em seus modelos de roupa. Por isso elas ficam tão bem em qualquer peça. Seja  de grifes de luxo ou com roupas de lojas consideradas ‘baratas’”, afirma a estudante de moda.

Copyright foto: Sipa; Peter Kramer/Divulgação NBC; e Morgan/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'O que Michele Obama e Kate Middleton têm a ensinar sobre luxo', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo