0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Descubra como usar e cuidar (corretamente) das lentes de contato

Especialistas esclarecem as dúvidas mais frequentes sobre utilização, limpeza e armazenamento das lentes 

Cuidados com as lentes de contato evitam infecções e problemas nos olhos.


A adaptação no uso das lentes de contato nem sempre é tarefa simples, ainda mais com uma infinidade de óculos de grau cada vez mais descolados disponíveis no mercado. Mesmo assim, muitas mulheres não desistem e utilizam este recurso para corrigir a visão em casos de doenças comuns como miopia, hipermetropia ou astigmatismo e até problemas na córnea, como o ceratocone por exemplo. 

Para manter a saúde dos olhos em dia, é preciso tomar uma série de cuidados na hora de higienizar as lentes – independente do tipo e tempo de uso. A Revista da Mulher conversou com três oftalmologistas, que esclareceram dez dúvidas sobre como usar, manusear e cuidar das lentes de contato. Confira: 

1) Como usar lentes de contato gelatinosas?

Cada tipo de lente tem um tipo próprio, com material, curvatura, diâmetro e grau diferentes. Para cada uma delas, existe uma técnica específica que são ensinadas por um oftalmologista. O usuário, normalmente, treina em casa e adquire prática com o tempo. “As lentes gelatinosas podem ser colocadas diretamente sobre a córnea. Mas, também podem ser colocadas sobre a conjuntiva na parte branca do olho e posicionadas suavemente, pela manipulação das pálpebras, sobre a córnea”, explica Liane Touma Falci, oftalmologista e gerente médica da Johnson & Johnson Vision Care.


2) E como usar as lentes de contato gás-permeáveis?

A oftalmologista Liane Falci explica que, assim como as lentes gelatinosas, as lentes mais duras e com duração anual, conhecidas como gás permeáveis, também podem ser inseridas nos olhos diretamente sobre a córnea.  Mas, ainda existe a opção de colocar umidificantes próprios para estas lentes, olhar na direção contrária e empurrá-las para o centro, com movimentos leves e circulares na pálpebra. “Ambas as lentes podem ser retiradas fazendo uma pressão, com as pálpebras, nas bordas das lentes, o que causa o descolamento da lente do olho”, esclarece a especialista. 

3) Como iniciar o uso das lentes de contato? 

O primeiro passo é agendar uma consulta com um médico oftalmologista para realizar uma avaliação completa da visão e saúde ocular. “Ele poderá ver a necessidade de uso da lente de contato e quais os tipos mais indicados. Qualquer teste de lente de contato deve ter a avaliação de um oftalmologista”, afirma Rodrigo T. Santos, oftalmologista do Hospital Santa Cruz Eye Institute. 

4) Como proceder quando as lentes causam irritação nos olhos?

De acordo com Santos,  neste caso o usuário deve realizar a limpeza das lentes de contato e tentar colocá-las nos olhos novamente.  “Caso o desconforto persista, deve-se procurar seu oftalmologista ou um serviço de pronto atendimento. O desconforto pode ser uma irritação ou até o início de uma infecção na córnea”, analisa. 

5) O que fazer quando as lentes de contato não se encaixam corretamente?

Se uma lente de contato não for corretamente posicionada, a recomendação é removê-la imediatamente dos olhos. “Para as lentes de contato gelatinosas, verifique, então, se você a posicionou do lado correto. Isto mesmo! As lentes de contato gelatinosas têm um lado certo para serem colocadas nos olhos”, lembra a oftalmologista Liane Falci. 

6) E quando elas ficam “transitando” pelos olhos?

Uma lente se movimentando dentro dos olhos é sinal de problema. Isto pode acontecer por falta de adaptação e também quando a lente está danificada. A oftalmologista recomenda que, se uma lente de contato ficar muito móvel no olho, é importante remover e não tentar colocá-la novamente. Neste caso, é preciso agendar uma consulta junto ao especialista para resolver o transtorno. 

7) Quais os principais cuidados com as lentes de contato no dia a dia?

Luiz Geraldo Simões de Assis, diretor clínico do Instituto de Oftalmologia de Curitiba, explica que para evitar doenças e infecções, a higiene é o principal cuidado diário para a manutenção das lentes de contato. Ele reforça que o paciente deve seguir as instruções de uso de acordo com a indicação médica e ter a devida atenção com cada tipo de lente – gelatinosa ou rígidas.

8) Como deve ser feita a higienização correta das lentes de contato?

Não devem existir preocupações com lentes descartáveis de uso diário. Mas todas as outras necessitam de cuidados especiais para evitar infecções oculares. Em linhas gerais, é preciso zelo e muita atenção, lavando as mãos cuidadosamente com água e sabão antes de colocar e na hora de tirá-las. 

Para a higiene, utilizar soluções conhecidas como multipropósito ou multiação, que limpam e ajudam na conservação. Na hora de guardar, as lentes precisam estar imersas nesta solução e em um estojo limpo. "Muito cuidado, pois há soluções multiuso próprias para lentes gelatinosas e outra para lentes rígidas", afirma o oftalmologista Rodrigo Santos.  "Em alguns tipos de lentes de contato, é necessário realizar a desproteinização, isto é, a remoção de depósitos de proteína na superfície da lente com uso de produto específico", completa.


9) Por que lavar as mãos é tão importante neste processo?

Um ato tão simples como lavar as mãos pode evitar uma série de doenças, especialmente quando o assunto é como usar, cuidar e higienizar as lentes de contato. Antes de utilizar as lentes e depois, na hora de guardar, é importante estar com as mãos lavadas em sabão líquido e secas em toalha limpa – de preferência de papel porque não solta fiapos. Desta forma, diminui-se o risco de contaminação com micro-organismos e, consequentemente, infecções nos olhos. 


10) O que deve ser feito para melhor adaptação às lentes de contato?

O tempo de adaptação varia de pessoa para pessoa. Sempre seguindo as orientações do seu oftalmologista. No início, a recomendação é usar as lentes de uma a cinco horas e ir aumentando uma hora a cada novo dia. “Importante também não usá-las para dormir e nadar, pois podem se contaminar ou perdê-las”, analisa Assis. 

Em um ambiente fechado ou refrigerado, não se deve usar as lentes em tempo integral, mas alternar com os óculos de grau para descansar os olhos. A utilização de colírio lubrificante específico para cada tipo de lente, várias vezes ao dia, também auxilia não só na fase de adaptação, mas ao longo do tempo de uso das lentes de contato. 

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Descubra como usar e cuidar (corretamente) das lentes de contato', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo