0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Cidade Olímpica: confira 10 esportes para praticar ao ar livre no Rio

A paisagem exuberante da cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2016 é um convite às atividades físicas nos pontos turísticos cariocas

O Rio tem espaços convidativos para a prática de atividades físicas.


Os Jogos Olímpicos de 2016 são no Rio de Janeiro. Para quem conhece ou vive na cidade, não é difícil associar o Rio às práticas esportivas. Dotado de paisagens deslumbrantes e clima favorável, o cenário vira o ambiente perfeito para as atividades físicas fora de casa.

Do futevôlei, consagrado nas areias das praias cariocas por estrelas do futebol de campo, até o salto em parapente da Pedra Bonita, o Rio convida à prática esportiva. E  tem lugar para todos os fôlegos. 
 
Seja aos mais radicais, chegados a uma escalada no Morro da Urca, até a quem apenas quer dar uma corridinha ou fazer uma caminhada na orla de Ipanema.

Gente comum e celebridades, atletas de fim de semana mas também  de esportistas disciplinados fazem pulsar os pontos turísticos da cidade mais visitada do Brasil. 

Confira 10 práticas esportivas realizadas nos entre cartão-postal da Cidade Maravilhosa. 

Copyright foto: iStock

Corrida na Orla de Ipanema

Orla de Ipanema para todos os esportes.


Bicicleta, corrida, caminhada, patins, skate. Não importa como, o importante é se movimentar. Na orla que vai de Ipanema ao Leblon há calçadão e ciclovia. Aos domingos e feriados, a via destinada aos carros fecha e o espaço de lazer fica ainda maior.

Copyright foto: Teresa Cristina Tavares

Bicicleta no Aterro do Flamengo

Ciclovia no meio do asfalto aos domingos e feriados no Aterro do Flamengo.


O Parque do Flamengo, ou Aterro do Flamengo, foi inaugurado em 1966. Um projeto ousado, que reduziu parte da praia banhada pela Baia de Guanabara e uniu o Centro do Rio até Bairro de Botafogo, intercalando jardins projetados pelo paisagista Burle Marx com o cenário natural do Pão de Açúcar. O espaço conta com ciclovias, muitas quadras e locais para a realização das mais diversas atividades esportivas. Domingos e feriados, as vias expressas são fechadas e os ciclistas aproveitam para pedalar no asfalto sem carros.

Copyright foto: Teresa Cristina Tavares

Remo na Urca

Remo praticado na Praia Vermelha, na Urca.


No Rio de Janeiro, o remo é uma atividade esportiva que costuma ser realizada nas praias da Baía de Guanabara e na Lagoa Rodrigo de Freitas, onde ficam as sedes de três dos maiores clubes esportivos da cidade, que tiveram suas origens nas regatas: Vasco, Flamengo e Botafogo. As águas calmas e paradas são ideais para a prática do remo.

Copyright foto:Alessandra de Paula

Parapente na Pedra Bonita

O visual da rampa da Pedra Bonita, onde se salta de parapente.


A Pedra Bonita, no bairro de São Conrado, é onde fica a pista de descida para a prática de asa-delta e parapente, esportes radicais muito apreciados pelos cariocas. Para quem é amador, é possível fazer voos duplos com pilotos experientes. E nem precisa se preocupar em ter medo. A paisagem é tão bonita que dá mesmo vontade de sobrevoá-la.

Copyright foto: Márcia Cardoso

Stand Up Paddle em Copacabana

Kitesurf em Copacabana.


No começo da manhã ou ao cair da tarde, quando o sol tropical começa a ficar mais ameno, começam a chegar os praticantes de Stand Up Paddle ali no Posto Seis, finzinho de Copacabana, ‘esquina’ com o Arpoador. Com o mar rodeado pela pedra, o pedaço pós-arrebentação tem o mar mais calmo, sem ondas, e fica perfeito para a prática do esporte.

Copyright foto: Alessandra de Paula

Mountain Bike nas Paineiras

Estrada das Paneiras: mountain bike sob os braços do Cristo Redentor.


A estrada das Paineiras é o caminho que liga o bairro do Cosme Velho até o Corcovado, por dentro da Floresta da Tijuca. A estradinha cheia de subidas e curvas costuma ser muito procurada pelos praticantes de mountain bike. A vista é linda, o Cristo Redentor fica ao lado e a Mata Atlântica, que cobre todo o caminho, refresca os atletas. E ainda tem uma nascente para tomar banho depois das atividades físicas.

Copyright foto: Divulgação

Escalada no Pão de Açúcar

Escalada na pedra do Pão de Açúcar.


Mesmo quem é amador pode se aventurar. Há vários guias e empresas, como a Rocks in Rio, com alpinistas registrados e com experiência para levar grupos até a parte de cima das pedras do Morro da Urca e do Pão de Açúcar, sem precisar usar o bondinho.

Copyright foto: divulgação rocksinrio.com.br

Maratona em Cartão-postal

A Maratona do Rio percorre 42 km em lindas paisagens.


A cidade do Rio de Janeiro recebe, anualmente, corredores para a Maratona do Rio. Os 42 km são percorridos por toda a orla da cidade, saindo do Recreio dos Bandeirantes e chegando até a Praia do Flamengo. As inscrições para a Maratona do Rio 2017, que será no dia 15 de junho, já estão abertas. 

Copyright foto: Divulgação site oficial da maratona do Rio

Patins na Lagoa

Cynthia Howlett patina com a filha na Lagoa Rodrigo de Freitas.


A pista de 7 km ao redor da Lagoa rodrigo de Freitas, um dos mais belos cartões-postais do Rio, atrai os patinadores da cidade, que preferem deslizar sobre as rodas na pista em curvas. Celebridades como Cynthia Howlett são praticantes da patinação na Lagoa.

Copyright foto: Jc Pereira/AgNews

Futevôlei na Praia do Pepê

O ator José Loreto é um dos praticantes do futevôlei no Rio.


O esporte é uma espécie de vôlei, sem usar mãos, apenas os pés e pernas. Nascido no litoral paulista, a atividade consagrou-se nas areias cariocas, quando jogadores de futebol de campo como Romário, Edmundo e Renato Gaúcho viraram praticantes assíduos. Do Leme ao Pontal, as areias do Rio estão cheias de homens e mulheres praticantes do futevôlei. Caso do ator José Loreto, que costuma jogar na praia do Pepê, na Barra da Tijuca 

Copyright foto: Dilson Silva/AgNews

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Cidade Olímpica: confira 10 esportes para praticar ao ar livre no Rio', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo