0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Azia na gravidez: conheça as causas e saiba como evitar

Entre os incômodos que ocorrem com a mulher durante a gestação, a azia é um dos mais comuns

Apesar de ser comum, é possível amenizar a azia na gravidez.


O aparelho digestivo é um dos que mais sofre – ou faz sofrer a futura mamãe – durante todo o período de gestação. Em muitos casos é ele inclusive que dá os primeiros sinais de que a cegonha está a caminho, levando a mulher a fazer um tete de gravidez. Além das náuseas e dores no estômago, a azia também é uma queixa comum entre as gestantes.

E os motivos que levam ao aparecimento deste incômodo são as próprias alterações que ocorrem naturalmente no corpo da mulher, conforme explica a ginecologista e diretora do Centro de Endometriose São Paulo, Rosa Maria Neme. “Na maioria dos casos a azia na gravidez está ligada ao refluxo gástrico, causado pelo aumento do útero e pelas alterações hormonais que ocorrem na gravidez”.

Apesar de ser mais comum quando a gestação já está em um estágio mais avançado, a azia não tem período certo para se manifestar. “Boa parte das mulheres começa a sentir azia e a sofrer de má digestão na segunda metade da gravidez, embora ela possa aparecer antes”, destaca a ginecologista. Ela lembra ainda que a azia é um mal que costuma ir e vir ao longo da gestação, e que só vai desaparecer após o nascimento do bebê.

Como amenizar a azia na gravidez

A má notícia neste caso é que não existe uma maneira de evitar o incômodo, sendo possível apenas aliviar a sensação de queimação. Rosa Maria Neme dá algumas dicas práticas que podem ajudar a amenizar a azia durante a gravidez. 
  • Evitar alimentos como molho de tomate, mostarda, maionese, coco, granola, nozes, café, chocolate, refrigerante, cerveja, vinho e sucos industrializados;
  • Consumir regularmente frutas como pera, maçã, manga, pêssego bem maduro, mamão, banana e uvas. Bebidas com gás e geladas também podem ajudar;
  • Mastigar bem todos os alimentos, para facilitar a digestão;
  • Não deitar-se logo após comer;
  • Não usar roupas apertadas na barriga e no estômago;
  • Comer pequenas porções de cada vez;
  • Colocar um calço de 10 cm na cabeceira da cama;
  • Não fumar e evitar a exposição ao cigarro.

A ginecologista afirma também que caso estas medidas não funcionem será preciso buscar uma solução pelo uso de medicamentos, que costumam ser bastante eficazes contra a azia na gravidez. Mas é importante lembrar que todo medicamento deve ser indicado por um médico, principalmente durante a gestação, quando a automedicação pode colocar em risco a saúde do bebê

Copyright foto: iStock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Azia na gravidez: conheça as causas e saiba como evitar', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo