0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Brad Pitt vai lutar pela guarda dos filhos, diz site

Segundo o site TMZ, ator não estaria satisfeito com guarda exclusiva solicitada por Angelina Jolie e brigará na justiça para ter os seis filhos

Depois de 12 anos juntos, Brad Pitt e Angelina Jolie anunciaram que a separação ontem (20).


Brad Pitt vai lutar pela guarda dos seis filhos, de acordo com o site TMZ. Depois do anúncio de que estavam se separando e de que a atriz teria pedido guarda exclusiva das crianças, fontes afirmaram que Angelina estaria "sonhando" se ela acha que pode levar os filhos para longe do pai. "Não há nenhuma chance de isso acontecer", disse o informante.

No regime de guarda exclusiva, o ator só poderia visitar as crianças. Ainda segundo a fonte, embora não queira interferir em sua função de mãe, Brad não vai permitir que Angelina o fruste em relação a isso. No entanto, as fontes garantem que o ator afirma que Jolie é uma excelente mãe e que não pretende magoá-la no divórcio - mesmo que ele esteja devastado com a situação. 

Angelina Jolie e Brad Pitt chocaram o mundo ontem (20) com a notícia da separação. A atriz entrou com o pedido de divorcio alegando diferenças irreconciliáveis. "Estou muito triste com isso, mas o que mais importa agora é o bem-estar de nossos filhos", disse Brad à revista People. O site TMZ ainda noticiou que Angelina teria ficado irritada com o uso de "erva" e de álcool que, junto com o comportamento de raiva de Brad, poderia tornar o ator perigoso para as crianças. 

O ex-casal começou a namorar durante as filmagens de Sr. & Sra. Smith (2004). Eles se casaram em agosto de 2014 e são pais de Maddox, 15, Pax, 12, Zahara, 11, Shiloh, 10, e dos gêmeos Knox e Vivienne, de 8 anos. Ainda segundo a revista People, a fortuna dos atores pode chegar a US$ 500 milhões.

Copyright foto: Kamil Zihnioglu/AP/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Brad Pitt vai lutar pela guarda dos filhos, diz site', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo