1
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

O que fazer para acabar com a sensibilidade nos dentes

Confira o que pode causar sensibilidades nos dentes e como funciona o tratamento

A sensibilidade nos dentes pode prejudicar o consumo de alimentos gelados e até mesmo quentes.


Muitas vezes, ao beber algo gelado ou quente, a dor nos dentes vem como uma avalanche. O problema é quando essa sensibilidade se torna uma constante e a pessoa acaba se privando de alguns prazeres em sua vida, como tomar um belo sorvete ou beber um café que acabou de ser coado.

Essa hipersensibilidade, geralmente, ocorre quando o esmalte que protege os dentes se desgasta e a dentária fica exposta. “Mas também podem vir de outras causas, como cáries, fraturas dentárias, restaurações quebradas ou retração gengival expondo a superfície da raiz”, explica Tânia Belmonte de Andrade Freitas, ortodontista.

Cerca de 57% da população apresenta sensibilidade nos dentes. E as mais propensas são aquelas pessoas que escovam os dentes com força e de maneira inadequada, que consomem alimentos e líquidos com alta acidez, aquelas que têm refluxo gastresofágico ou sofrem com a bulimia.

“Além disso, também podem ter sensibilidade nos dentes pacientes com bruxismo ou com problemas de mordida”, acrescenta Fabia Piccoli Lobo, dentista da Well Clinic.

O tratamento

A terapia para quem sofre de sensibilidade nos dentes vai variar de acordo com o grau do problema de cada pessoa. Então, o tratamento pode incluir o uso de cremes dentais com baixa abrasividade, escovas macias, ingestão de alimentos e líquidos com nível baixo de acidez.

A utilização de cremes dentais próprios para a hipersensibilidade dentinária e aplicação feita pelo dentista de verniz fluoretado costumam ser eficazes. “Esses cuidados devem seguir pelo resto da vida. Só no caso do verniz que serão feitas três aplicações com intervalo de uma semana cada”, afirma Tânia.

E se não continuar seguindo todas as orientações do dentista, com certeza a sensibilidade nos dentes pode voltar. “Além disso, alguns erros que nem percebemos podem fazer com que o problema se agrave, como a escovação forte e fio dental utilizado de maneira incorreta, que pode causar retrações na gengiva e levar a hipersensibilidade”, conta a ortodontista. 

Prevenção

Confira cinco dicas para evitar que o esmalte dos dentes se desgaste e, junto com ele, apareça a sensibilidade e as dores:


1. Evite bebidas ácidas
Sejam energéticos, isotônicos, refrigerantes ou até mesmo sucos, o ideal é evitar, ao máximo, que essas bebidas entrem em contato com os dentes.

 
2. Na hora de temperar a salada
Nada de colocar vinagre – que também é bastante ácido –. Escolha o azeite e sal.


3. Tratamento contra o bruxismo
O problema, que se dá quando os dentes ficam rangendo durante o sono, também pode ser o causador da sensibilidade nos dentes. Por isso, o ideal é procurar um ortodontista para verificar se esse realmente é o causador. Caso positivo, é tratar o bruxismo com o uso de placas à noite.


4. Produtos com flúor
Escolha sempre cremes dentais e enxaguantes bucais que tenham esse elemento em suas composições. Isso porque o flúor ajuda a fortalecer os esmaltes dos dentes.


5. Cuidado com os clareamentos
O tratamento para deixar os dentes mais brancos deve ser sempre recomendado por um dentista. E quando se trata de alguém com sensibilidade nos dentes, o cuidado é ainda maior: evitando o uso de cremes dentais, kits branqueadores e fitas adesivas dessas vendidas nas farmácias. Isso porque esses produtos podem agravar ainda mais o problema de hipersensibilidade.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'O que fazer para acabar com a sensibilidade nos dentes', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo