0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Um loft construído em uma antiga fábrica

Depois de uma grande reforma, este espaço foi geniosamente transformado em um loft charmoso e contemporâneo

Uma decoração com personalidade para um loft luxuoso.


O arquiteto Vincent Eschalier foi escalado pela agência Esprimm para o difícil, mas belo, projeto de transformar uma antiga fábrica parisiense em dezessete lofts de luxo. O profissional lançou mão de vigas metálicas, tetos altos, mezaninos e assoalhos de madeira para criar espaços de arquitetura contemporânea, com perspectivas ampliadas. 

A Revista da Mulher selecionou imagens de um desses lofts e mostra os detalhes desta grande reforma. Neste loft (foto) o cômodo principal, situado no último andar, é beneficiado por um poço de luz vindo do teto e que destaca a verticalidade do lugar. Spots foram embutidos no teto de maneira a valorizar as diferentes obras de arte expostas nas paredes brancas. 

A decoração é rica em detalhes, mas há uma certa economia das cores, o que permite uma valorização da luz natural. Trata-se um de loft grande, onde cada espaço foi aproveitado com muita criatividade, de modo a torná-lo aconchegante, convivial e bonito. Veja nessa galeria as fotos desse espaço totalmente renovado.

Copyright foto: Cécile Debise

Amplitude na entrada

Um ambiente espaço e bem decorado.


O living no andar inferior, onde encontram-se a sala de estar, o escritório, a sala de jantar e a cozinha, é super espaçoso, tanto na largura quanto na altura. As áreas privadas (quartos e banheiros) encontram-se no mezanino.

Copyright foto: Cécile Debise

Cores quentes

Cores fortes na medida certa.


Dominadas por uma grande fotografia que exibe um quadrado laranja, as poltronas vintage da sala de estar, no mesmo tom, conferem conforto ao ambiente. Além disso, o contraste da luz natural com as cores dos artigos de decoração enaltece beleza ao espaço.

Copyright foto: Cécile Debise

Mezanino reconfigurado

Reaproveitando o espaço com maestria.


A dificuldade em se fazer o mezanino, residia no fato de criar um “meio-andar” que mantivesse a altura original das janelas. Isso foi resolvido deslocando o bloco do mezanino um metro longe das janelas, o que permite conservar ao máximo a luz no cômodo principal.

Copyright foto: Cécile Debise

Convivialidade no cômodo principal

Em torno da mesa a convivialidade acontece.


Uma mesa oval em mármore dimensões generosas e assinada pelo arquiteto Eero Saarinen, da lojaKnoll, é acompanhada de cadeiras desparceiradas, modelo Tulip, de Eero Saarinen, da loja Knoll e DAW, e de Eames,da loja Vitra. Elas se integram harmoniosamente ao grande espaço do cômodo principal.

Copyright foto: Cécile Debise

Decoração industrial na cozinha

Cuidado nos detalhes da decoração.


Projetada sob medida, a cozinha é delimitada por um piso feito de revestimento que imita concreto. A bancada de trabalho, as portas e armários embutidos são da marca Corian. A mistura de cinza e branco dos móveis lembra a pintura os batentes das janelas e confirma o lado industrial da decoração.

Copyright foto: Cécile Debise

Arte na cozinha

As diferentes propostas dos quadros trazem um aspecto pitoresco à cozinha.


Os detalhes muito requintados da cozinha fazem dela um lugar tão agradável quanto funcional. Por exemplo, uma prateleira, da marca Corian, em forma de L invertido desenha uma moldura em volta do aquecedor, permitindo a disposição de objetos sobre ela.

Copyright foto: Cécile Debise

Forma assimétrica

A forma assimétrica da cozinha lhe confere originalidade.


A ilha da cozinha, espaço que abrange a bancada de ponta a ponta e a mesa, tem uma forma não simétrica que dá personalidade ao ambiente. Iluminada por uma grande janela, a cozinha, branca na parte alta e mais escura embaixo, parece concentrar a luz na direção da bancada. A ideia é proporcionar mais conforto na hora de preparar as refeições. Além disso, para deixá-la com aspecto leve, um móbile suspenso faz sobrevoar hastes como se fossem varas de uma estrutura fragmentada. 

Copyright foto: Cécile Debise

Luz transversal

Quanto mais luz no cômodo, maior será a sensação de espaço.


Formado a partir de uma plataforma que atravessa o edifício de fora a fora, o loft se beneficia de uma iluminação transversal. Isso faz com que o ambiente se torne agradável e mais aconchegante.

Copyright foto: Cécile Debise

Espaço reflexão no quarto

O local de trabalho deve estar no canto de menos trânsito na casa.


Instalado em frente a uma grande janela que dá para os telhados de Paris, uma escrivaninha com tampo de vidro, da loja Le Corbusier, é um pequeno espaço para trabalhar e estudar. À direita, um pilar em pedra é, junto com as vigas pintadas de cinza, um dos únicos vestígios originais do prédio que data de 1798 (todo o restante teve que ser demolido para construir as habitações).

Copyright foto: Cécile Debise

Objetos discretos no cômodo principal

É importante unir objetos decorativos com a mesma proposta.


Apesar de grande, este armário, da marca Corian da loja Marotte, produz um efeito discreto ao ambiente por causa de sua cor neutra e economia de detalhes. Na frente, foi colocado uma poltrona Lounge Chair & Ottaman, criada por Eames, na cor marrom, que não interfere na discrição do ambiente por tratar-se de um objeto sóbrio, ou seja, não ocupa muito espaço.

Copyright foto: Cécile Debise

Escada aérea

Esse tipo de escada ocupa menos espaço.


A escada caracol, que leva à área privada, foi feita em aço bruto e envernizado no tom mate. Ela desenha uma espiral elegante, que dá leveza ao ambiente. A escada não ocupa muito espaço e é muito funcional.

Copyright foto: Cécile Debise

Iluminação natural no quarto

A luz natural amplia o espaço.


Respeitando a estrutura original do telhado em forma de shed (telhas de fábrica), o quarto recebe uma luz que vem das altas janelas, orientadas para o norte, que dão para o terraço. Os armários embutidos otimizam o espaço no ângulo da parede acima da cama, fazendo com que o conjunto dê uma sensação de grandeza ao cômodo. 

Copyright foto: Cécile Debise

Decoração moderna no banheiro

Um toque de modernidade na decoração.


O quarto de hóspedes é equipado com um banheiro que possui uma banheira em forma de rochedo e de uma cuba de perfil arredondado. As louças contrastam elegantemente com o aspecto triangular desse cômodo.

Copyright foto: Cécile Debise

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Um loft construído em uma antiga fábrica', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo