0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

15 filmes vencedores do Oscar para assistir na Netflix

No aquecimento para o Oscar 2017, confira os títulos ganhadores da estatueta que estão disponíveis no serviço de streaming

"12 Anos de Escravidão" e "Gladiador" estão entre os filmes disponíveis na Netflix.


Clássicos, épicos e revolucionários. Os filmes ganhadores do Oscar sempre fazem história nos cinemas por seus roteiros surpreendentes, direção impecável ou atuações inesquecíveis. Muitas produções marcam época e entram para a lista de títulos obrigatórios que uma pessoa deve assistir (pelo menos) uma vez na vida.

Na contagem regressiva para o Oscar 2017, que tem o musical La La Land - Cantando Estações como grande favorito, a redação d’A Revista da Mulher fez uma pequena retrospectiva de edições anteriores para quem quiser colocar a programação de filmes “essenciais” em dia.

Entre títulos bem conhecidos do público, como Senhor dos Anéis, Beleza Americana e Forrest Gump, a seleção traz 15 longas-metragens que já levaram a principal estatueta da premiação e que estão disponíveis na programação da Netflix. Confira a seguir.

Copyright foto: Jaap Buitendijk/AP/SIPA e REX FEATURES/SIPA

12 anos de Escravidão (2013)

O ator Chiwetel Ejiofor é o protagonista de "12 Anos de Escravidão".


Na história ambientada em 1841, Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um homem livre que vive com sua família em Nova York. Um dia, ele acaba sendo raptado e vendido como escravo e passa doze anos de sua vida sendo explorado em plantações no sul do país. Além do Oscar de Melhor Filme, o longa também foi premiado em 2014 nas categorias Roteiro Adaptado e Atriz Coadjuvante, com Lupita Nyong'o.

Copyright foto: Jaap Buitendijk/AP/SIPA

O Discurso do Rei (2010)

Filme "O Discurso do Rei" é baseado em fatos reais.


O filme mostra a história real do rei George VI, pai da atual rainha da Inglaterra, Elizabeth II. Após seu irmão Edward abdicar o trono inglês, George (Colin Firth) se vê obrigado a assumir a coroa britânica. Porém, para exercer a função, ele acaba procurando a ajuda de um terapeuta vocal para tratar de seu problema de gagueira. No Oscar 2011, a produção também foi premiada nas categorias de Roteiro Original, Direção e Melhor Ator.

Copyright foto: LILO/SIPA

Guerra ao Terror (2008)

"Guerra ao Terror" também levou outras cinco estatuetas em categorias técnicas.


O filme retrata a rotina do esquadrão antibombas do exército americano, que trabalha sob fogo cruzado no Iraque. Uma das equipes acaba sendo liderada por um sargento recém-transferido que coloca seus colegas em risco por conta de sua postura um tanto dissidente. Premiado com o Oscar de Melhor Filme em 2009, o longa também levou o prêmio por Direção com Katherine Bigelow, que se tornou a primeira mulher a ganhar uma estatueta na categoria.

Copyright foto: Anonymous/AP/SIPA

Onde os Fracos não têm Vez (2007)

"Onde Os Fracos Não Tem Vez" foi estrelado pelo trio Josh Brolin, Javier Barden e Tommy Lee Jones.


No deserto do Texas, o caçador Llewelyn Moss (Josh Brolin) encontra ao acaso uma picape com vários homens mortos, um carregamento de heroína e dois milhões de dólares dentro. Ao ficar com o dinheiro para si, ele passa a ser caçado por um assassino psicopata (Javier Barden) que está sendo, por sua vez, perseguido por um ex-agente das forças especiais norte-americanas (Tommy Lee Jones). O filme foi premiado com o Oscar de Melhor Filme, Ator Coadjuvante, Direção e Roteiro Adaptado.

Copyright foto: RONALDGRANT/MARY EVANS/SIPA

Crash - No Limite (2004)

"Crash - No Limite" venceu o Oscar de Melhor Filme em 2005.


Em Los Angeles, as vidas de pessoas de origens étnicas e classes sociais diferentes se entrecruzam por causa de acontecimentos inevitáveis, no período de 36 horas, com consequências surpreendentes. Vencedor do Oscar de Melhor Filme, o longa faz um retrato sobre o preconceito e as escolhas diárias de pessoas comuns.

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei (2003)

Terceiro filme da saga "Senhor dos Anéis" levou sozinho onze estatuetas no Oscar 2004.


Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei é a terceira e última parte da adaptação para os cinemas da obra de ficção fantástica de J. R. R. Tolkien. Mostrando o encerramento da saga dos hobits Frodo e Sam, o filme conquistou sozinho onze estatuetas no Oscar 2004, entre elas a de Melhor Filme e Direção (com Peter Jackson).

Copyright foto: RONALDGRANT/MARY EVANS/SIPA

Gladiador (2000)

Russell Crowe é o protagonista de "Gladiador".


O filme épico, dirigido por Ridley Scott, mostra a história do general romano Maximus (Russell Crowe) que acaba sendo traído pelo filho invejoso do imperador Marcus Aurelius, logo após sua misteriosa morte. Vendido como um escravo, o bravo soldado se torna um imbatível gladiador e retorna à Roma para ter sua vingança. Premiado com cinco estatuetas no Oscar 2001. 

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

A Lista de Schindler (1993)

Vencedor de sete Oscar, "A Lista de Schindler" trouxe os horrores do nazismo para os cinemas.


Durante a Segunda Guerra Mundial, o industrial alemão Oskar Schindler (Liam Neeson) decide ajudar centenas de judeus na Polônia após vivenciar os horrores do regime nazista. Um lugar na lista de Schindler significava a única chance de sobrevivência para um prisioneiro judeu. Baseado em fatos reais, o filme foi vencedor de sete Oscar, incluindo o de Melhor Filme em 1994.

Copyright foto: RONALDGRANT/MARY EVANS/SIPA

Conduzindo Miss Daisy (1989)

"Conduzindo Miss Daisy" conquistou o juri de 1990 e levou o Oscar de Melhor Filme.


Após um acidente de carro, o filho de uma senhorinha judia chamada Daisy Werthan (Jessica Tandy) contrata um afro-americano (Morgan Freeman) como motorista. Apesar de não gostar muito da ideia no início, ela acaba aceitando o serviço do homem e os dois vão criando uma amizade duradoura, capaz de quebrar barreiras sociais, culturais e raciais. Além do Oscar de Melhor Filme, a produção levou também outras três estatuetas em 1990.

Copyright foto: RONALDGRANT/MARY EVANS/SIPA

Beleza Americana (1999)

Premiado com o Oscar de Melhor Ator, Kevin Spacey rouba a cena em "Beleza Americana".


Sexualmente frustrado no casamento e entediado com sua vida profissional, o empresário de classe média Lester (Kevin Spacey) enfrenta uma crise de meia-idade após se sentir atraído pela melhor amiga de sua filha adolescente. Entorpecido pela vontade de transformar sua vida, ele acaba pondo tudo a perder ao se arriscar em uma ilusão. Polêmico, o filme faturou cinco Oscar em 2000.

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

Forrest Gump - O Contador de Histórias (1994)

Tom Hanks interpreta o adorável Forrest Gump.


Forrest Gump (Tom Hanks) é um rapaz ingênuo com QI abaixo da média que, por obra do acaso, consegue participar de grandes momentos cruciais da história dos Estados Unidos, como a Guerra do Vietnã e o escândalo de Watergate. Os episódios marcantes de sua vida são permeados pela figura de seu amor de infância, Jenny Curran. Vencedor de seis Oscar.

Copyright foto: SIPA

Platoon (1986)

A Guerra do Vietnã serve de pano de fundo para a trama de "Platoon".


Com um elenco composto por Willem Dafoe, Charlie Sheen, Tom Berenger e Johnny Depp, Platoon retrata as experiências de um jovem e inocente soldado americano que enfrenta uma crise moral ao se deparar com os horrores da Guerra do Vietnã e a dualidade do homem. Do diretor Oliver Stone, o filme levou quatro Oscar em 1987.

Copyright foto: RONALDGRANT/MARY EVANS/SIPA

O Último Imperador (1987)

O filme faz uma retrospectiva da história real do último imperador da China.


Com uma fotografia espetacular para época, o filme remonta a saga de Pu Yi, o último imperador da China, que assumiu o trono com apenas três anos de idade e viveu enclausurado na Cidade Proibida até ser deposto pelo governo revolucionário quase duas décadas depois. Dirigido por Bernardo Bertolucci, o longa se tornou um dos filmes mais premiados no Oscar, levando nove estatuetas em 1988.

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

Amadeus (1984)

Vencedor de oito Oscar, "Amadeus" retrata a vida de Wolfgang Amadeus Mozart.


Como sugere o título, o filme mostra a incrível história de vida de Wolfgang Amadeus Mozart, um dos maiores compositores de todos os tempos, contada sob a ótica de seu rival, Antonio Salieri (F. Murray Abraham). Internado em um hospital psiquiátrico, o narrador relata como conheceu, conviveu e passou a odiar Mozart. Ambientado em Viena, na Áustria, o drama biográfico recebeu oito Oscar, incluindo o de Melhor Filme, Direção e Ator Principal.

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

Entre Dois Mundos (1985)

Meryl Streep como protagonista de "Entre Dois Amores".


Baseado no livro autobiográfico Den afrikanske Farm, o filme conta a história da baronesa dinamarquesa Karen Blixen, dona de uma plantação de café no Quênia, no início do século XX, que precisa lidar com a dualidade de um casamento por conveniência e sua paixão arrebatadora por Denys (Robert Redford), um caçador de espírito livre e aventureiro. O drama foi vencedor de sete estatuetas da Academia e ainda rendeu a sexta indicação ao Oscar para Meryl Streep.

Copyright foto: REX FEATURES/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado '15 filmes vencedores do Oscar para assistir na Netflix', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo