0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

São Paulo recebe a primeira cafeteria comandada por pessoas com Síndrome de Down

Instituto Chefs Especiais está por trás da inauguração da primeira cafeteria inclusiva do Brasil

Café inclusivo é um projeto do Instituto Chefs Especiais. © Reprodução/Facebook


A cidade de São Paulo acaba de receber um projeto inédito em todo o país: o Chefs Especiais Café, primeira cafeteria inclusiva do Brasil. Comandado por funcionários portadores de Síndrome de Down, o estabelecimento é uma iniciativa do Instituto Chefs Especiais, que desde 2006 promove a inclusão social através da gastronomia.

A casa, aberta ao público oficialmente no dia 9 de junho, está instalada na famosa Rua Augusta, na região dos Jardins. Com decoração em estilo hardcore, o café tem diversas caveiras espalhadas em seu interior para representar a igualdade entre todas as pessoas.

O objetivo do café, que funcionará de segunda a sexta-feira, é dar uma oportunidade de trabalho às pessoas com Down, além de aprimorar suas habilidades no mercado. A princípio, o estabelecimento deve contar com o apoio de voluntários e cinco funcionários especiais, sendo dois efetivos e três rotativos.

No cardápio, os clientes poderão encontrar cafés, chás e delícias como bolos, tortas, quiches e salgados - alguns produzidos pelos próprios alunos da instituição. E vale dizer que a renda gerada com o negócio será revertida para outras atividades inclusivas

Serviço
Chefs Especiais Café
Endereço: Rua Augusta, 2559 - Jardins – São Paulo (SP)
Horário: De segunda à sexta-feira, das 11h às 19h

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'São Paulo recebe a primeira cafeteria comandada por pessoas com Síndrome de Down', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo