0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Afinal, o crossfit emagrece?

Programa de condicionamento tem como objetivo desenvolver as capacidades físicas dos seus praticantes. A questão é se o crossfit emagrece mesmo

Com treino diferenciado a cada dia, as aulas se tornam dinâmicas e variadas, o que sugere que o crossfit emagrece. © iStockphoto.com/UberImages

 

O crossfit é um método de treino com foco no condicionamento físico e saúde de seu praticante. Através de movimentos funcionais constantemente variados em alta intensidade, seu objetivo é melhorar as 10 capacidades físicas do ser humano: resistência cardiovascular, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, equilíbrio, coordenação, agilidade e precisão.

“Nas aulas de crossfit são realizados exercícios aeróbios que visam a melhora do condicionamento, a ginástica que oferece um domínio maior do próprio corpo e exercícios de levantamento de peso que proporcionam aos praticantes o domínio de cargas externas”, esclarece André Turatti, líder do Box Águia 2 CrossFit, da academia Cia Athletica, em São Paulo.

O treino de crossfit, que tem duração de uma hora, é dividido em três partes:

  • aquecimento (trabalho de ativação muscular e mobilidade);
  • técnica (educativos para melhorar determinado exercício);
  • e o WOD, sigla de Workout of the day (uma espécie de tarefa, desafio).

“A programação muda diariamente de acordo com a planilha que o treinador prescreve”, afirma Priscila Ferreira, educadora física, head coach da CrossFit Planalto, em São Bernardo do Campo.

Crossfit emagrece?

De acordo com os profissionais, ajuda e muito. O crossfit emagrece pois é possível atingir grandes gastos calóricos durante o exercício e após o treino, por meio da execução em alta intensidade.

“O chamado after burn, que é a queima calórica mesmo depois de terminado o exercício, dura de 12 até 24 horas. Por meio dos exercícios multiarticulares, como levantamento de peso, ginásticas e também os cardiorrespiratórios”, conta Fabio Cezar, educador físico da academia Bodytech.

Além de emagrecer, é considerado um esporte democrático. Homens e mulheres fazem exatamente o mesmo treino e exercícios. “A única diferença são as cargas. As mulheres treinam com um pouco menos de peso, porém existem exceções”, diz Priscila.

Mas não pense que em apenas um mês o crossfit ajudará no emagrecimento. Nesse período, é possível ver a diferença no condicionamento físico. “As mudanças corporais variam de acordo com a genética do aluno, frequência nos treinos e nutrição. Mas, em média, de 2 a 3 meses já se percebe o emagrecimento”, conta a educadora física.

Exercícios indicados

Para o crossfit emagrecer de fato, é preciso seguir à risca os três pilares de exercícios. São eles:

Movimentos Cíclicos - têm como característica principal a repetição de um gesto motor de forma continua e trazem como principal benefício a melhora do condicionamento. Exemplos: corrida, remo, salto de corda, bicicleta, natação, entre outros.

Movimentos Ginásticos - têm como característica principal a utilização do peso corporal na realização das tarefas como empurrar, puxar, levantar, descer, saltar, equilibrar, proporcionando melhor coordenação motora. Exemplos: flexão de braços, agachamento, exercícios abdominais, pranchas, entre outros.

Movimentos de Levantamento de Peso - todo e qualquer movimento realizado com alguma sobrecarga externa. O que aumenta a complexidade dos movimentos e seu domínio traz adaptações, como aumento da força, coordenação e trabalho de potência. Exemplos: exercícios do LPO (Levantamento de Peso Olímpico), como o Snatch, Clean, Jerk, agahamento frontal entre outros.

A frequência do treino

Par quem está começando, o ideal é duas vezes por semana. A partir da terceira ou quarta semana, pode-se fazer três vezes. Depois, entre a oitava e a 12ª semana, aumenta-se para quatro vezes na semana.

"Daí em diante, pode chegar em até cinco vezes na semana ou fazer três treinos seguidos e um dia de descanso, sempre respeitando as adaptações, programações e evitar de se sobrecarregar nos dias que estiver mais cansado ou dolorido”, aponta Cezar. 

Descanso necessário

Como se trata de uma modalidade de alta intensidade, o day-off é extremamente necessário no crossfit. Não só para a recuperação de tudo que foi feito nos dias anteriores, mas também para preparar o corpo e a mente para o retorno ao treino (um dia depois). 

O crossfit trabalha com três dias de trabalho para um de descanso. Porém, como a grande maioria dos praticantes tem apenas de segunda a sexta para treinar, os treinos são adaptados para 5 dias de trabalho e 2 de descanso.

"Sendo que um desses dias pode ser feito um descanso ativo (caminhadas ou corridas leves, natação, entre outros)”, ensina Caroline Marchiçoli, professora do CrossFit Sumaré, em São Paulo.

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Afinal, o crossfit emagrece?', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo